ENCONTRO DE CURA E LIBERTAÇÃO

17 DE DEZEMBRO

terça-feira, 14 de novembro de 2017

A formação de um bebê no ventre materno em fotos incríveis

O fotógrafo Lennart Nilsson dedicou-se a registrar em detalhes impressionantes as várias etapas da gestação de um bebê.


Lennart Nilsson foi um fotógrafo sueco que passou cerca de 12 anos fotografando um dos momentos da vida humana mais impressionantes: a gestação no útero materno. O feito só foi possível porque na década de 50 ele passou a se dedicar a algumas técnicas de fotografia que permitiam a realização de extremos close-ups. Combinando isso ao uso de endoscópios extremamente finos, que passaram a estar disponíveis na década de 60, ele produziu imagens pioneiras de vasos sanguíneos e cavidades do corpo, feitas em pessoas vivas. Foi então que chegou ao seu principal objetivo, que era fotografar o início da vida, desde a fecundação do óvulo até próximo de seu nascimento.
O ensaio “A child is born” foi publicado pela revista Life em 1965, tendo uma das imagens como capa. Ainda, outras 16 páginas apresentavam o trabalho feito por Nilsson e naquele mesmo ano um livro foi lançado. Foi a primeira vez que detalhes do desenvolvimento humano puderam ser vistos por todos, com tanta clareza.  Em 2009, as fotos de uma gestação vistas “por dentro” ganharam retoques digitais para a quinta edição da obra.
Nilsson faleceu no início de 2017, aos 94 anos.
Veja algumas imagens de seu impressionante trabalho: 

Espermatozoide entrando no óvulo.
Espermatozoide entrando no óvulo.
 
24º dia de gestação. O embrião ainda não tem esqueleto, mas já tem um coração que começou a bater desde o 18º dia.
24º dia de gestação. O embrião ainda não tem esqueleto, mas já tem um coração que começou a bater desde o 18º dia.
 
Com 4 semanas, seus olhos começam a distinguir-se como pontos negros e surgem protuberâncias que se transformarão em braços e pernas.
Com 4 semanas, seus olhos começam a distinguir-se como pontos negros e surgem protuberâncias que se transformarão em braços e pernas.
 
11163764_1011891925488324_8557652091292698283_n
Aos 40 dias pode-se ver as células da placenta, encarregadas de conectar o embrião com a parede uterina.
 Com 12 semanas, o feto usa suas mãos para explorar seu próprio corpo e o que há ao seu redor.
Com 12 semanas, o feto usa suas mãos para explorar seu próprio corpo e o que há ao seu redor.
Com 16 semanas, o bebê em gestação mede 11,5 centímetros e pesa em torno de 99 gramas.
Com 16 semanas, o bebê em gestação mede 11,5 centímetros e pesa em torno de 99 gramas.
 
Com 18 semanas, o feto tem aproximadamente 14 centímetros e pode perceber sons do exterior.
Com 18 semanas, o feto tem aproximadamente 14 centímetros e pode perceber sons do exterior.
 
Com 19 semanas é possível ver unhas.
Com 19 semanas é possível ver unhas.
 
Com 20 semanas e medindo aproximadamente 20 centímetros o bebê está coberto por lanugo, um tipo de cabelo muito leve.
Com 20 semanas e medindo aproximadamente 20 centímetros o bebê está coberto por lanugo, um tipo de cabelo muito leve.
 
Com seis meses, o bebê em gestação está quase pronto para deixar o útero e já pode encaixar-se de cabeça para baixo para facilitar o parto.
Com seis meses, o bebê em gestação está quase pronto para deixar o útero e já pode encaixar-se de cabeça para baixo para facilitar o parto.
 
Com 36 semanas, falta apenas um mês para o nascimento.
Com 36 semanas, falta apenas um mês para o nascimento.
 Saiba mais sobre o trabalho de Lennart Nilsson.

0 comentários:

Postar um comentário