MISA COM ORAÇÃO POR CURA E LIBERTAÇÃO CLAMANDO POR MILAGRES. 23 DE JULHO

ABRA - TE À RESTAURAÇÃO

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Anvisa proíbe venda de paçoca por conter substâncias cancerígenas

Produto da empresa Dicel havia sido interditado há cerca de dois meses.

Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinou nesta quarta-feira a interdição de oito lotes de paçoca da empresa Dicel, após auditoria interna. No produto teria sido constatado a presença de aflatoxinas acima do permitido para amendoim com casca, descascado, cru ou tostado, pasta de amendoim ou manteiga de amendoim.

Em excesso, a aflatoxina, encontrada na paçoca, possui substâncias tóxicas e carcinogênicas.


A resolução da empresa de vigilância sanitária determinou a suspensão da distribuição e comercialização dos lotes de paçoca (confira lista abaixo). Os produtos que estavam à venda também devem ser recolhidos.
Em março, o mesmo produto da empresa havia sido interditado pela Anvisa, também por conta da presença de aflatoxinas. A decisão foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União.
LoteData de Validade
004217/11/2017
002907/12/2017
004012/05/2017
002623/06/2017
002302/06/2017
002717/11/2017
009202/12/2017
002403/06/2017
Via (Portal Veja)

0 comentários:

Postar um comentário