ENCONTRO DE CURA E LIBERTAÇÃO

17 DE DEZEMBRO

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Reflexão Dominical: O que guardo no coração? - Domingo de Santíssima Trindade - 31 de Maio 2015

Coisas do coração -

Quantas coisas cada um tem gravadas no coração! Muitas, não? Saudade, raiva, endereços, nomes de pessoas, regras… E sobre Deus o que temos gravado? Talvez pouca coisa. Há, entretanto uma que precisa estar bem escrita. Aquela que o Senhor disse através do Deuteronômio: “Reconhece, pois, hoje, e grava em teu coração que o Senhor é o Deus lá em cima no céu e cá embaixo na terra, e que não há outro além dele” (Dt 4,39). É o que Deus espera. Será que todos têm?


Feliz. O que Deus pede ainda que esteja guardado em nossos corações? “Guarda suas (de Deus) leis e seus mandamentos que hoje te prescrevo, para que sejas feliz, tu e teus filhos depois de ti, e vivas longos anos sobre a terra que o Senhor teu Deus te dará para sempre” (Dt 4,39-40). Terra, aqui, pode ser traduzida como bens, benesses divinas para sempre. Deus quer que guardemos no coração as leis que podem nos garantir a felicidade.

Filhos. No coração do bom filho está guardado o amor pelos pais. Não importa muito se os pais pecaram por amor ou por não saberem amar. Se pecaram, merecem o perdão. Não há outro jeito. Se cada filho carrega o nome dos pais terrenos, como não carregará o Espírito daquele que nos adotou como filhos? “Todos aqueles que se deixam conduzir pelo Espírito de Deus são filhos de Deus” (Rm 8,14). Nem sempre somos dóceis. Fugimos de Deus andando pelos caminhos do mal, mas ele nos acolhe sempre que nos dispomos a voltar. Ele próprio se constitui nossa força para agirmos como filhos dele. “O próprio Espírito se une ao nosso espírito, atestando que somos filhos de Deus” (Rm 8,16). Como filhos, podemos contar com o Pai. Você conta?

Missão. O Pai convoca a cada um de nós, para uma missão: “Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações, e batizai-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo” (Mt 28,19). Ele quer que todos ajam como discípulos de Jesus. Não só. Deseja que revelemos que Deus é Pai, é Filho e é Espírito Santo. Três pessoas distintas, mas um só Deus. Este é o Deus em nome de quem fomos batizados. Que é mais importante: que as pessoas sejam discípulas do Senhor ou que sejam batizadas? Que sejam discípulas. O batismo é o sinal da aceitação desta fé que o discípulo tem no seu Mestre.

Herdeiros. O discípulo que guarda no coração não apenas preocupações cotidianas, mas os princípios que regem sua vida, pode sonhar com uma herança eterna. “E, se somos filhos, somos também herdeiros: herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo, se, de fato, sofremos com ele, para sermos também glorificados com ele” (Rm 8,17). Quem de nós dispensa uma herança terrena? Quase ninguém. Se soubermos avaliar o que significa uma herança eterna, não dispensaríamos com muito mais afinco. Imagine ser glorificado com Cristo! Será uma maravilha! É o que ele prometeu se formos de fato filhos de Deus.

Observar. Para termos direito a esta riqueza extraordinária, dependerá do que guardamos no coração. De fato, a ordem do Senhor não pára no batismo. Ele manda que sejam guardados no coração seus preceitos. Por isso Jesus ordenou que as pessoas sejam ensinadas “a observar tudo o que vos tenho ordenado” (Mt 28,19-20). Parte difícil, não? Mas é necessário. É essencial que as pessoas vivam segundo o que o Mestre ordenou!
Muitas coisas estão gravadas em nossos corações. Que estas ordenadas por Deus… também estejam!
Eu, diante dessa realidade


Dias felizes
40 Guarda suas leis e seus mandamentos que hoje te prescrevo,
para que sejas feliz, tu e teus filhos depois de ti… (Dt 4,40).


Quantas coisas você está fazendo para obter esta felicidade?

Filhos
17 E, se somos filhos, somos também herdeiros: herdeiros de Deus e co-herdeiros de
Cristo, se, de fato, sofremos com ele, para sermos também glorificados com ele (Rm 8,17)


Tenho sofrido trabalhando pela salvação das pessoas como Cisto, para também ser glorificado com ele?

Fazei discípulos
19 Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações… ( Mt 28,19).


Faço alguma coisa para mais pessoas se tornem discípulas de Cristo?

Minha prece


Em ti, Senhor, nós esperao confiante,
porque és meu auxílio e proteção!
Sobre mim venha tua graça,
da mesma forma que em ti eu espero! (Sl 32)
Com teu auxílio conseguirei guardar tua palavra e poderei ser feliz!



Fonte: (Meritocat)


0 comentários:

Postar um comentário