ENCONTRO DE CURA E LIBERTAÇÃO

17 DE DEZEMBRO

segunda-feira, 16 de março de 2015

A aliança divina - 5º Domingo da Quaresma 22 de Março de 2015

Em que consiste a aliança divina?

A salvação vem pela aliança entre a pessoa e Deus. Que aliança? Aquela que a bondade de Deus oferece: “Incutir-lhe-ei a minha lei; gravá-la-ei em seu coração. Serei o seu Deus e Israel será o meu povo” (Jr 31, 33). Assim nos é oferecida a aliança divina. Por outro lado, até que ponto a lei do Senhor está gravada em nosso coração?

Conhecer - Se não está gravada, a culpa não é dele. O Senhor deu a lei, porém, gravar no coração para não ser esquecida depende de cada pessoa. Essa lei é simples de ser entendida. Não é como as leis humanas. Então, ninguém terá encargo de instruir seu próximo ou irmão, dizendo: Aprende a conhecer o Senhor, porque todos me conhecerão, grandes e pequenos – oráculo do Senhor (Jr 31,34). Deus se dá a conhecer a todos, por diversos meios. Sua lei está à disposição dos que desejarem segui-la. Porém há os que não conhecem a lei do Senhor e os que a conhecem mas não a praticam. Estamos entre quais?

Servir - Essa lei foi dada, para ser guardada no coração e nos acompanhar por todo lugar. Acompanha a cada um de nós? Muita gente diz: “eu sirvo a Deus do meu jeito”. Não pode ser bem assim. Há o jeito próprio de servir a Deus. Segundo Jesus, se alguém me quer servir, siga-me; e, onde eu estiver, estará ali também o meu servo. Se alguém me serve, meu Pai o honrará (Jo 12,26). Jesus deu o exemplo de como servir e deixou sua verdade anunciada. É possível alguém dizer que serve a Deus mas não a guardar? Impossível. Servir é também seguir o Mestre. Ele deu o exemplo a seus discípulos.

Ganhar a vida – A aliança que Deus faz conosco é de que, se vivermos segundo seus preceitos, ele nos garantirá a vida em abundância. “33 Eis a aliança que, então, farei com a casa de Israel – oráculo do Senhor: Incutir-lhe-ei a minha lei; gravá-la-ei em seu coração. Serei o seu Deus e Israel será o meu povo” (Jr 31,3). O fundamental é ele ser nosso Deus e não olharmos para deuses. Isto não significa que a vida será fácil. Será necessário morrermos todos os dias para as tentações, para que mereçamos a vida que ele nos oferece. “24 Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caído na terra, não morrer, fica só; se morrer, produz muito fruto. 25 Quem ama a sua vida, perdê-la-á; mas quem odeia a sua vida neste mundo, conservá-la-á para a vida eterna” (Jo 12,24).

O seguimento a Jesus combina implica obediência à lei gravada em nossos corações. O Senhor “tornou-se autor da salvação eterna para todos os que lhe obedecem” (Hb 5,9). Por conseqüência, quem não obedece, ou não cumpre esta aliança, compromete sua possibilidade de salvação. Até o Filho percorreu este caminho. “8 Embora fosse Filho de Deus, aprendeu a obediência por meio dos sofrimentos que teve” (Hb 5,8).

Que sejamos fiéis a esta aliança para que obtenhamos a proteção de Deus.

Eu, diante desta realidade

Aliança
33 Eis a aliança que, então, farei com a casa de Israel – oráculo do Senhor: Incutir-lhe-ei a minha lei; gravá-la-ei em seu coração. Serei o seu Deus e Israel será o meu povo (Jr 31,33)

Vivo atento à lei do Senhor?

Seguir Jesus
Se alguém me quer servir, siga-me; e, onde eu estiver, estará ali também o meu servo. Se alguém me serve, meu Pai o honrará. (Jo 12,26)

Minha vida é um seguimento a Jesus?

Sofrimento
8 Embora fosse Filho de Deus, aprendeu a obediência por meio dos sofrimentos que teve (Hb 5,8).

Aprendo a obediência a Deus pelo sofrimento?

Obediência
E uma vez chegado ao seu termo, tornou-se autor da salvação eterna para todos os que lhe obedecem (Hb5,9).

Estou entre estes?

Minha prece

Senhor, tua aliança consiste em eu guardar teus mandamentos e tu me concederes a felicidade eterna.
É uma aliança em que eu tenho imensurável ganho.
Esta aliança foi gravada no meu coração, no dia do meu batismo.
Preciso conservá-la e seguir Jesus Cristo.
Segui-lo é servir o próximo, é viver de modo agradável ao Senhor, é servir na minha comunidade para que ela cresça.
Servir ao Senhor é segui-lo também no sofrimento, sendo obediente até a morte.
Ajuda-me, Senhor, a ser fiel.
Quero ser fiel à tua aliança,
Para merecer um dia a vida eterna.

Fonte: Mérito Cat

0 comentários:

Postar um comentário